Os indicadores financeiros são cruciais para que uma empresa possa se manter lucrativa e não venha a sofrer contratempos financeiros de maneira desprevenida. Aliás, isso é algo que deve ficar muito claro para você.

Dentro desse universo de indicadores, nós não poderíamos deixar de falar na Margem Bruta, que é considerada uma métrica muito importante para o cálculo de preços e lucros.

No nosso conteúdo de hoje nós iremos falar sobre ela, lhe explicando exatamente o que ela é, como podemos calculá-la e também o que pode ser feito para que esse indicador seja melhorado. Confira:

O que é a Margem Bruta

A Margem Bruta é o índice que nos informa de maneira objetiva o quanto uma empresa consegue ganhar com a venda dos seus produtos. A partir desse dado é possível identificar o quanto a empresa consegue obter com cada venda, de modo que seja possível medir a rentabilidade de um negócio.

Quais são as vantagens de se calcular a margem bruta?

Veja bem, um dos principais benefícios de se calcular a margem bruta é que a partir desse simples cálculo passa a ser possível identificar de uma maneira clara quais são os produtos que possuem uma margem menor, o que acaba levando a implementação de novas estratégias para mudar essa situação.

Outra grande vantagem de calcular a margem bruta é o fato de que por meio dela pode ser feita uma precificação mais adequada das mercadorias. Afinal, quanto menor é a sua margem bruta menor será o seu lucro final, isto é, se ele existir.

Ou seja, o seu grande objetivo deve ser precificar o seu produto em um valor que mantenha sua demanda alta mas que ao mesmo tempo seja suficientemente capaz de aumentar a margem bruta de modo significativo.

Também é possível avaliar os gastos com produtos por meio do cálculo da margem, já que esse indicador necessita da consideração do lucro bruto, que exige a contabilização de custos.

A partir disso é possível mudar um pouco algumas coisas, principalmente para que o custo na fabricação de cada produto seja diminuído por meio da otimização de recursos.

Cálculo da margem bruta

Calcular a margem bruta é algo muito simples, mas você terá que ter bastante atenção para não cometer nenhum erro conceitual.

Veja a seguir qual é a fórmula desse cálculo:

  • MB = (LB / RT) x 100

Sendo que, nessa situação, as letras representam:

  • MB: margem bruta;
  • LB: lucro bruto — ou seja, aquele obtido depois de retirar os custos diretos dos produtos;
  • RT: receita total.

Como otimizar a margem bruta

A seguir nós vamos te dar algumas dicas para que você consiga otimizar a sua Margem Bruta da melhor maneira possível. Confira:

Conheça sua margem bruta

Para começo de conversa, é crucial que você efetivamente conheça a sua margem bruta. Caso contrário será simplesmente impossível ter uma chance de conseguir otimizá-la.

Faça o cálculo que foi explicado anteriormente e ponha os dados no papel. Analise sua margem, veja se ela já é boa, se está ruim e então tente identificar os motivos que fazem ela estar dessa maneira.

Isso é fundamental para que todo o processo de otimização seja eficiente, embora consuma um pouco de tempo e não gere um resultado imediato. De qualquer forma, esse é o seu primeiro passo e também o fundamento da toda a nossa estratégia.

Aumente os preços de maneira inteligente

Uma forma muito simples de aumentar o preço dos seus produtos é gerando uma percepção de valor maior sobre eles simultaneamente. Não se engane, por mais que o seu produto tenha muita qualidade, o aumento de preço pode assustar seus clientes.

Gere conteúdos na Internet, invista em Customer Success e mostra para o público que aquilo que está sendo vendido vale muito mais do que está sendo cobrado.

Essa simples estratégia permitirá que o aumento de preços seja realizado sem resistência, além de muito provavelmente ser suficientemente capaz de potencializar suas vendas.

Invista em produtos com uma margem maior

Existem alguns produtos dentro do seu portfólio que obviamente possuem uma margem muito maior do que outros. Isso é algo absurdamente normal.

O problema reside no fato de que esses produtos muitas vezes não são explorados da maneira que deveriam, sendo que isso acaba gerando um grande problema para a sua margem bruta.

De fato, os produtos que geram uma margem maior devem receber mais investimentos para que mais dinheiro entre em caixa. Do mesmo modo, você deve buscar criar produtos e até mesmo modelos de negócio que potencializam sua margem, para que a lucratividade possa aumentar.

Melhore os seus produtos constantemente

A melhora constante dos produtos faz com que eles se tornem mais atrativos para o seu público, o que dá mais apoio a um aumento de preços.

Veja, melhorar um produto não significa fazer nele aquilo que você acha que é bom, mas sim o que o seu público está precisando.

Ouvir seus clientes e adaptar aquilo que você possui para que se torne perfeito aos olhos do consumidor é uma das melhores estratégias existentes.

Diversifique o seu mix de vendas

Diversificar o seu mix de vendas também é algo muito importante, então você deve fazer isso sempre que possível.

Ao ter mais produtos para oferecer acaba surgindo a oportunidade de realizar um Upsell, Downsell ou Cross sell, aumentando os rendimentos obtidos.

O melhor de tudo é que isso pode ser feito sem precisar gastar mais dinheiro na aquisição do cliente.

Aplique a Lei de Pareto aos seus produtos

80% do seu faturamento deve vir de 20% dos seus produtos. Essa é uma aplicação básica da Lei de Pareto, que mostra como 20% das causas geram 80% das consequências.

Partindo dessa premissa, é muito importante que você não somente comece a focar nos melhores produtos como também passe a selecionar os melhores clientes, para que assim consiga obter os melhores resultados com o mínimo esforço!

Como funciona o Software SaaS do IndicadoresInteligentes?

O IndicadoresInteligentes é um software SaaS para acompanhamento de métricas, KPI’s de forma fácil. Através dos recursos disponíveis no software, é possível gerenciar os mais diversos Indicadores da sua empresa de forma online.

Controle o crescimento, acompanhe a evolução da sua empresa, tenha uma maior previsibilidade do seu negócio com os mais diversos indicadores. Conheça os diferenciais do nosso software:

  • Perfis de Acesso;
  • Gráficos com range de datas;
  • Importações de fácil manuseio;
  • API de fácil integração;
  • Dashboard de Vendas, Financeiro, Atendimento, Contábil e de Clientes;

FALE COM UM ESPECIALISTA